Profissional de poker Raymond Davis é preso por abuso de menores

O profissional de poker americano de 52 anos Raymond Davis, está detido em uma prisão em Las Vegas enfrentando nove acusações de crimes sexuais envolvendo menores de idade. Raymond conquistou mais de $1.6 milhões em torneios de poker, ele é conhecido por ser o fundador do RealGrinders, um grupo de poker de mais de 18.000 membros.

Supostamente Davis pagou uma menor de idade, que ele conheceu no Facebook, para ter relações com ele em sua casa á alguns anos atrás. A amiga da garota também disse que ele ofereceu dinheiro para que as duas tomassem banho juntas para seu divertimento.

Em um entrevista feita da cadeia para o 8NewsNow, Davis nega categoricamente todas as acusações. Davis admite frequentar “casas de massagem” e disse que procura mulheres para pagar na internet mas nega qualquer envolvimento com menores.

“Eu nunca na minha vida paguei alguma garota menor de idade para ter relações comigo.” ele disse.

VEJA TAMBÉM: REUNIÃO DOS SONHOS: Tony G, Dwan, Ivey e Phua jogam HIGH STAKES como nos velhos tempos

Por que Raymond Davis não foi preso antes?

O boletim investigativo revelou que Davis não foi pego pela polícia durante dois anos e meio. Na verdade, um mandato de prisão foi feito em setembro de 2016 mas ele não foi pego até abril desse ano quando foi parado no trânsito e um policial o identificou.

“Eles nunca fizeram o esforço de vir até a minha casa.” disse Davis, que operava a lounge do RealGrinders em frente ao hotel Rio em Las Vegas. “Eles nunca vieram á minha loja. Estou bastante presente nas mídias socias, qualquer um que quiser poderia me achar.”

Foi revelado que o detetive insvestigando o caso nunca tentou apreender Davis pessoalmente e o caso foi passado para o time de apreensão um mês depois. Sete meses depois o nome de Raymond foi adicionado ao arquivo nacional criminal.

” Se eles tivessem me dito que tinha um mandato no meu nome eu teria ido pessoalmente na delegacia, pagado uma fiança, resolvido as coisas de alguma maneira. ”

Originalmente detido em abril Davis foi solto com uma fiança de $25.000. Entretanto tudo piorou quando ele decidiu representar a si mesmo na corte e fez alegações contra o juiz e os promotores. Devido ao seu histórico na lei e ao comportamento inapropriado no tribunal a juíza Jacqueline Bluth aumentou a fiança para $500.000, o que fez com que Davis voltasse á prisão subsequentemente.

“Dede o primeiro dia todos estão contra mim, se eles tinham um mandato de prisão e eu represento um perigo á comunidade porque não
vieram me buscar antes?”

Por agora, Davis aguarda preso a data do seu julgamento que vai sair em fevereiro.

**Acompanhe as últimas novidades do Mais Poker pelo nosso Instagram: @maispoker

LEIA MAIS: Phil Galfond lança desafio HU ao mundo do poker high stakes

MINDSET: Ensinamentos do livro Zen and The Art of Poker

SICK: Os 6 maiores potes da história do poker!

 Rabbit Hunt: PartyPoker permite jogadores espiarem cartas

O auge e o declínio do High Stakes Online

Entrevista: Vinícius Bellebone fala sobre o PLO 5 cartas, sua vida e metas

 Tom Dwan compartilha como chegou ao High Stakes

Por Camila Avelar

Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close