MINDSET: Ensinamentos do livro Zen and The Art of Poker

O Livro Zen and The Art of Poker de Larry Phillips foca nessa parte do mindset do jogo. Abaixo vou pegar três conceitos do livro e explicar como eles podem te ajudar no poker.

Para ser bem sucedido no poker e em qualquer empreitada na vida é necessário duas coisas, conhecimento técnico e mindset.

Um não funciona sem o outro e é um erro que pode custar caro focar em apenas um dos lados. Jogo poker á 7 anos e mesmo sem nunca ter me profissionalizado posso dizer que aprendi lições de vida muito valiosas. Lembro que no início eu tinha muitas atitudes impulsivas e de pura emoção, sempre deixei o coração me levar em tudo. Mas com o tempo eu fui desenvolvendo a habilidade de continuar racional mesmo em situações de estresse. Só assim é possível tomar a melhor decisão.

Outro aprendizado fundamental foi o de levantar sem perder o ânimo. O poker é um jogo de altos e baixos, não importa seu nível de conhecimento, você vai ter muitas quedas. Talvez a habilidade mais importante seja a de começar de novo sem desanimar. Aprender a lidar com a frustração é muito difícil e quanto antes você aprender a gerenciar isso dentro de si,
mais bem preparado você vai estar tanto para o poker como para a vida.

Zen and The Art of Poker

O Livro Zen and The Art of Poker de Larry Phillips foca nessa parte do mindset do jogo. Abaixo vou pegar três conceitos do livro e explicar como eles podem te ajudar no poker.

Esteja no momento presente:

No livro, Phillips fala bastante sobre o estado de consciência ou “awareness”, o estado de estar no momento presente.

Quando você está em consciência, você não está remoendo o passado ou preocupado com o futuro. Não está irritado com a bad beat que levou duas horas atrás. Ou preocupado com o quanto perdeu desde que começou o grind.

Quando está em consciência você está inteiramente focado na mão que está jogando, sem deixar outros fatores externos e emocionais ofuscarem seu raciocínio lógico. Lógico que isso requer muita prática e auto conhecimento, afinal todos somos humanos e temos emoções difíceis de controlar. Mas entender a si e como esse estado de tilt, frustração, raiva se manifesta em você é o primeiro passo para mudar. Reconhecer e trabalhar nisso!

LEIA TAMBÉM: Phil Galfond lança desafio HU ao mundo do poker high stakes

Ego e Emoção:

Estar no presente em estado de consciência te ajuda diretamente na parte do seu auto controle. Um conceito que Phillips explora bastante em seu livro.

Um jogador deve cultivar um certo nível de desapego, deve separar seu ego e auto-estima dos seus resultados no jogo. Todos nós já vivemos situações em que o ego nos trouxe problemas. Ao perder algumas mãos seguidas ou enfrentar uma bad beat te fez entrar no modo TILT, e aí uma situação ruim se transforma em uma bola de neve, você toma cada vez decisões piores que te fazem perder um rio de fichas. Estar no controle disso é fundamental, no livro Zen and The Art of Poker Phillips aborda bastante esse assunto.

Erros:

Outro dos maiores argumentos de Phillips é como os erros e falhas podem e devem virar oportunidades para seu desenvolvimento.

“Perdas não são em vão” ele escreve, mas devem ser usadas como degraus visando correções e aprendizado para futuros acertos. A natureza das falhas é nos mover em uma direção contrária no futuro. É necessário abordar esses erros de maneira fria, simplesmente aprendendo com eles. Sem deixar que eles te afetem no emocional.

O que Phillips descreve é exatamente o que os melhores jogadores fazem
em qualquer esporte. Aconselho que você como jogador busque através de livros, coaching e outras maneiras auto conhecimento para enfrentar os desafios mentais do poker e jogar seu A game.

**Acompanhe as últimas novidades do Mais Poker pelo nosso Instagram: @maispoker

LEIA MAIS: SICK: Os 6 maiores potes da história do poker!

 Rabbit Hunt: PartyPoker permite jogadores espiarem cartas

Tempest e Deep Water: aprenda a jogar as novidades do PS

O auge e o declínio do High Stakes Online

Pior bad beat da história custa ao perdedor $400K no CPP

Entrevista: Vinícius Bellebone fala sobre o PLO 5 cartas, sua vida e metas

Se classifique para o The Venom, com $6 milhões gtd, por $0,25

 Tom Dwan compartilha como chegou ao High Stakes

Por Camila Avelar

Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close